Entenda o Protocolo de Monitoramento

8.11.2020 • Protocolo de Monitoramento
Entenda o Protocolo de Monitoramento
PROTOCOLO DE MONITORAMENTO DE FORNECEDORES DE GADO DA AMAZÔNIA

O Protocolo de Monitoramento é o referencial para que empresas que abatem e processam  carne de gado produzido na Amazônia cumpram seus compromissos sociais e ambientais, sejam eles firmados por meio dos Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) com o Ministério Público Federal, sejam por políticas privadas assumidas publicamente. Desde 1º de julho de 2020 este protocolo construído a várias mãos se tornou oficial. 

 

De acordo com o coordenador de projetos na Iniciativa de Clima e Cadeias Agropecuárias do Imaflora, Lisandro Inakake de Souza, a principal inovação desse documento é a harmonização e a clareza das regras técnicas que detalham os critérios dos TACs. 

 

“Os frigoríficos poderão realizar o monitoramento de seus fornecedores de gado bovino de maneira uniforme e atender plenamente os compromissos”", disse Lisandro Inakake de Souza, do Imaflora.

 

Antes do Protocolo de Monitoramento, havia diferentes abordagens para monitorar os fornecedores de gado. Cada indústria interpretava os critérios de forma distinta. Como resultado, não era possível mensurar ou comparar o desempenho dos frigoríficos.

 

Os critérios dos TACs seguem sendo os mesmos, de acordo com os documentos assinados entre as empresas e o MPF. A interpretação dos critérios e a aplicação da forma de monitorar e atender esses critérios é que foram uniformizadas permitindo a melhoria contínua no monitoramento de compras de animais pelos frigoríficos.

 

Boa prática

O Protocolo de Monitoramento foi desenvolvido com base nas referências do TAC, mas pode ser assumido por qualquer empresa. Todos os frigoríficos que adquirem gado, signatários dos TACs com MPF ou não, podem monitorar seus fornecedores. A adesão voluntária desse protocolo demonstra o comprometimento do frigorífico com as boas práticas e dá transparência às suas ações para a sociedade.

 

Linha do tempo do Protocolo de Monitoramento

 

 

2009

2010

2013

2016

2020

 

Grandes frigoríficos assumiram o compromisso de monitorar suas compras de gado da Amazônia

 

 

Diversas empresas assinam o TAC  da Carne Legal

 

 

ABRAS e as maiores  redes de varejo 

assumem o compromisso público 

de eliminar o desmatamento de suas cadeias de fornecimento

 

 

Grandes redes

de supermercados 

comprometeram-se a monitorar seus fornecedores diretos (frigoríficos) e a desenvolver ferramentas de controle

 

 

Lançamento do Protocolo Harmonizado de Monitoramento

 

 

 

#projetoboinalinha #carnelivrededesmatamento #naquintadoboi #protocolodemonitoramento

Equipe Boi na Linha