Capacitação para auditoria dos Compromissos da Pecuária na Amazônia começam em outubro

4.10.2021

Capacitar os frigoríficos no Protocolo de Auditoria dos Compromissos da Pecuária na Amazônia é um dos momentos importantes do Programa Boi na Linha. Eles alinham o entendimento de todos sobre os pontos da auditoria para obtenção de resultados comparáveis entre os frigoríficos e relatórios cada vez melhores. Os workshops de capacitação apresentam as diretrizes e procedimentos para a verificação do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da Carne Legal e são preparados para representantes de frigoríficos que atuam na Amazônia. 

 

Organizado pelo Programa Boi na Linha em parceria entre o Ministério Público Federal e o Imaflora, com apoio do Instituto Clima e Sociedade (ICS) , os workshops  serão realizados em Rio Branco, no Acre, em Manaus, no Amazonas, em  Belém, Marabá e Santarém, no Pará,   em Cuiabá, no Mato Grosso, e em Porto Velho, em Rondônia.  Oportunamente, serão realizados workshops com as principais organizações de auditoria.

 

Neste workshop  todas serão apresentadas as diretrizes para as auditorias dos TAC da Carne Legal e do Compromisso Público da Pecuária, válidos para as empresas que adquirem gado no Acre, Amazonas, Mato Grosso , Pará e Rondônia. Desde julho de 2020, as empresas devem seguir o Protocolo de Monitoramento de Fornecedores de Gado na Amazônia.  

 

A partir de agora, as auditorias de verificação devem seguir o Protocolo de Auditoria. "O protocolo harmoniza os processos e garante que todas as organizações de auditoria seguirão os mesmos procedimentos e que os resultados das auditorias, de todos os Estados, são comparáveis. Este é um importante avanço para a transparência na cadeia da carne bovina", afirma Cecília Korber.

Equipe Boi na Linha