Imaflora lança ferramenta para combater desmatamento na cadeia produtiva da pecuária na Amazônia

13.10.2021

Os varejistas que comercializam carne bovina com origem na Amazônia acabam de ganhar uma ferramenta que ajudará no monitoramento de seus fornecedores, evitando que o produto venha de áreas desmatadas ilegalmente ou com denúncias de trabalho escravo. O Guia para a Elaboração da Política de Compras de Carne Bovina do Varejo é mais uma iniciativa do programa Boi na Linha, desenvolvido pelo Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) em parceria com o Ministério Público Federal (MPF), e foi realizado em parceria com o Carrefour, GPA, Assaí e a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). 

 

“O Boi na Linha já conta com o Protocolo de Monitoramento dos Fornecedores de Gado, voltado aos frigoríficos. Agora, com o guia voltado aos varejistas, ajudará a fortalecer mais um elo da cadeia produtiva”, afirma Isabel Garcia Drigo, Gerente de Clima e Cadeias Agropecuárias do Imaflora.  

 

O Boi na Linha é uma articulação que busca fortalecer os compromissos sociais e ambientais na cadeia de valor da carne bovina na Amazônia e impulsionar sua implementação, envolvendo tanto frigoríficos, quanto varejistas que adquirem carne bovina proveniente do bioma, além de empresas de tecnologia e organizações da sociedade civil. 

 

O Guia para a Elaboração da Política de Compras de Carne Bovina do Varejo apresenta um passo a passo completo e detalhado para que as empresas possam desenvolver políticas de compras com critérios claros que impeçam a aquisição de carne bovina vinda de áreas desmatadas ilegalmente na Amazônia, que utilizem trabalho escravo ou que tenham outras irregularidades ambientais e sociais. O material traz exemplos de acordos e outras referências que devem ser consideradas, como o próprio Protocolo de Monitoramento de Fornecedores de Gado da Amazônia, o Termo de Cooperação Técnica pela Pecuária Sustentável, assinado entre o MPF e a Abras em 2013 e o Termo de  Ajustamento de Conduta (TAC) da Carne Legal, assinado por diversas empresas frigoríficas desde 2009.

Além de listar os elementos que devem constar na política, o Guia exemplifica os critérios que os varejistas poderão seguir, os compromissos da empresa e as implicações para os frigoríficos que não cumprirem a política, como suspensão da lista de fornecedores. A publicação traz aspectos importantes para que a política tenha sucesso, como o estabelecimento de metas mensuráveis e factíveis, o engajamento dos fornecedores e a distribuição das responsabilidades entre a equipe. Após a implementação, o Guia ressalta a importância de auditorias que comprovem o cumprimento da política junto aos fornecedores, e a comunicação do status de cumprimento da política de forma transparente aos consumidores. 

 

“O próximo passo será engajarmos os principais varejistas que atuam na região Amazônica, além de outros de alcance nacional”, afirma Isabel. Para isso, o Imaflora irá realizar workshops nos estados do Acre, Amazonas, Pará, São Paulo, Mato Grosso e Rondônia, nos quais o material será apresentado de forma detalhada para os empresários. 

 

O Guia para a Elaboração da Política de Compras de Carne Bovina do Varejo será lançado no dia 14 de outubro, às 10h, em um evento online no canal do Imaflora no Youtube

 

Serviço 

Lançamento Guia para a Elaboração da Política de Compras de Carne Bovina do Varejo 

Quinta-feira, 14 de outubro, às 10h, no canal do Imaflora no Youtube

Moderação de Lisandro Inakake de Souza (Imaflora)

Apresentação do Guia: Cecilia Korber (Imaflora)


Debatedores:  

- Rafael Rocha - procurador da República do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas

- Marcio Milian (ABRAS) - Vice-Presidente Institucional e Administrativo na Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS)

- Susy Midori Yoshimura - diretora de Sustentabilidade e Compliance do GPA


Realização: Boi na Linha – Imaflora - MPF

Apoio: Abras - ICS

Equipe Boi na Linha